Discussão: Black Mirror

Ir em baixo

Discussão: Black Mirror

Mensagem por Tomate em Dom 31 Dez 2017, 16:28


Black Mirror é uma série de televisão britânica antológica de ficção científica criada por Charlie Brooker e centrada em temas obscuros e satíricos que examinam a sociedade moderna, particularmente a respeito das consequências imprevistas das novas tecnologias. Os episódios são trabalhos autônomos, que geralmente se passam em um presente alternativo ou em um futuro próximo. A série foi transmitida pela primeira vez na emissora Channel 4, no Reino Unido, em dezembro de 2011. Em setembro de 2015, a Netflix comprou a série, encomendando uma terceira temporada de 12 episódios, no entanto, os episódios encomendados foram divididos em duas temporadas de seis episódios; a quarta temporada foi lançada na Netflix em 29 de dezembro de 2017.

Wikipedia

Como Black Mirror é uma antologia, fale antes o capítulo de qual temporada você está se referindo.

Tópico fixo para a discussão de Black Mirror (principalmente da quarte temporada). Todos os episódios podem ser citados aqui. Caso queira comentar um spoiler, utilize a ferramenta de edição "spoiler". Caso não saiba utilizar a ferramente, abaixo um breve tutorial:

Spoiler:
[ spoiler] [/ spoiler] sem o espaçamento entre o / e o S


Última edição por Tomate em Dom 31 Dez 2017, 16:29, editado 1 vez(es) (Razão : Edição final)
avatar
Tomate
"Lerei"

Mensagens : 158
Data de inscrição : 15/02/2016
Idade : 21
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: Black Mirror

Mensagem por Tomate em Dom 31 Dez 2017, 17:47

Acabei de terminar a quarta temporada e, sem dúvidas, USS Callister é meu favorito. É o que tem mais reviravoltas, me lembrou muito de outros episódios da série. Não foi lógico muito menos previsível e me deixou apreensível em alguns momentos do capítulo. Terminou muito bem. E ainda tem o bônus que é bem humorado e divertido.

Enquanto isso - também sem dúvidas - Metalhead é o pior. Já vi muita gente tentando explicar que aquele é a ultima parte onde o "universo de Black Mirror reside". Mas mesmo assim não faz sentido. A trama poderia ter sido mais explorada, a tentativa de fuga é totalmente descartável e chata. Tirando a fotografia, o episódio é triste de se ver e tenta te surpreender no final.

Achei Crocodillo um baita dum episódio! Hang the DJ me surpreendi como é muito bem explorado e critica as relações via aplicativo. Foram ótimos episódios. Não falarei mais, esses episódios são muito bons.

Outro que já esperava muito e que, talvez, confirme que todos os episódios de Black Mirror façam parte de um mesmo universo é Black Museum. Um episódio excelente e é o melhor episódio tanto por mostrar onde que as invenções humanas podem chegar e o quanto que os humanos podem ser bárbaros com elas. É o melhor episódio da temporada.
avatar
Tomate
"Lerei"

Mensagens : 158
Data de inscrição : 15/02/2016
Idade : 21
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: Black Mirror

Mensagem por Tarin em Seg 01 Jan 2018, 22:40

Acabei de terminar a série hoje tambem, e hmmmmmmm... Eu gostei, mas acho que ficou um pouco repetitiva e exagerada em várias partes.

Eu não vi todos os episódios da série ainda, eu pulei a 2a temporada e o último episódio da 1a. Mas acho que o maior ponto da série sempre foi analisar o impacto da tecnologia nas relações humanas e na sociedade.

Não sei se foi essa temporada que mudou, ou se foi minha percepção tenha ficado mais aguda nesses últimos tempos, lol. Mas pra mim, ela teve o foco muito maior no aspecto tecnológico do que no drama humano que ele está causando.  Parece que a temporada fica num campo "seguro" de: IA! Robôs assassinos! Implantes cerebrais! Que embora sejam temas interessantes, no geral já foram bem explorados tanto por outras mídias quanto pela própria série em temporadas anteriores, e por isso acaba parecendo que não tem mais muito de novo a dizer.

Tipo, tem tantos temas atuais que poderiam ser explorados! A nossa sociedade moderna tem muitas situações que estão surgindo por combinação de fatores humanos com tecnologia. Vou dar um exemplo:

O episódio "Hang the DJ" dessa temporada é um dos que eu mais gostei, tanto pelo tema mais leve, como pelos personagens, que foram bem desenvolvidos e realmente pareciam ter uma atração verdadeira um pelo outro. Porem,
Hang the DJ:

eu acho que todo o conceito do episódio poderia ter sido melhor aproveitado se tivesse menos artifícios tecnológicos pra empurrar a trama, e tivesse em vez disso uma história moderna de um relacionamento baseado em aplicativos.

Tipo... O episódio mostra uma realidade na qual as pessoas passam por uma corrente de relacionamentos curtos e sem significado, relacionamentos longos com pessoas que não gostam, e e se distanciam de pessoas que realmente gostam por... "razões". Tudo isso se aplica a relacionamentos de hoje em dia com aplicativos! Só que os apps não estão "forçando" as pessoas a fazerem essas coisas. Isso acontece por motivos emocionais, sociais, etc etc. Tem inúmeros artigos de opinião sobre esse tema, porque é um assunto muito relevante da nossa geração.

Pra mim, o episódio seria muito melhor se apenas com tecnologia atual, mostrasse um casal que se conhecesse por um app de relacionamento, se separasse, e eventualmente conseguisse atravessar a futilidade e superficialidade da cultura de apps de relacionamento pra ficar juntos.
...Só que daí, teria a mesma revelação do episódio de verdade! Era uma simulação entre muitas de um app de relacionamento pra verificar a compatibilidade entre essas duas pessoas.

Assim, o enredo real do episódio não tem nenhum problema em si só, e funciona do jeito que é. Mas pra mim parece que tem um... desencontro geracional aí. Parece que é um episódio feito em 2005, não 2017. Olhe que distópico, esse futuro onde as pessoas são presas a apps que forçam elas a terem vidas amorosas infelizes!! Enquanto isso, parece que eu não consigo passar uma semana sem ver um novo artigo sobre como o Tinder está acabando com a auto-estima das pessoas.


Por isso tudo, eu concordo com o Tomate dizendo que USS Callister é o meu episódio preferido. ÉA, a temática Star Trek serve perfeitamente como um aviso de "Não leve isso aqui tão a sério", e por isso o episódio tem várias absurdidades que não me incomodam, mas que adicionam comédia e emoção pra trama. Ele tem um fundo de crítica social sobre a relação entre "nerds maltratados e mulheres" em empresas de tecnologia que tambem é interessante.


Como uma série de terror, fantasia, ficção, legal. Como uma série que basicamente virou sinônimo de vidência tecnológica e tenta mostrar possíveis futuros realistas da nossa sociedade, nope. Anyway, pra incluir um TL;DR, eu imediatamente pensei nesse meme quando acabei a temporada:

(Tradução: Será que são as violentas hierarquias socioeconômicas, culturais e políticas que nós mantivemos por séculos que estão acabando com os jovens? Não, é a tecnologia que é a culpada.)


Última edição por Tarin em Sab 24 Mar 2018, 21:44, editado 1 vez(es)

_________________


            
ProjetosMúsica
GitHubSoundCloud
avatar
Tarin
Admin

Mensagens : 117
Data de inscrição : 14/04/2015
Idade : 23
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: Black Mirror

Mensagem por Tomate em Ter 02 Jan 2018, 18:25

Spoiler:

@Tarin escreveu:Acabei de terminar a série hoje tambem, e hmmmmmmm... Eu gostei, mas acho que ficou um pouco repetitiva e exagerada em várias partes.

Eu não vi todos os episódios da série ainda, eu pulei a 2a temporada e o último episódio da 1a. Mas acho que o maior ponto da série sempre foi analisar o impacto da tecnologia nas relações humanas e na sociedade.

Não sei se foi essa temporada que mudou, ou se foi minha percepção tenha ficado mais aguda nesses últimos tempos, lol. Mas pra mim, ela teve o foco muito maior no aspecto tecnológico do que no drama humano que ele está causando.  Parece que a temporada fica num campo "seguro" de: IA! Robôs assassinos! Implantes cerebrais! Que embora sejam temas interessantes, no geral já foram bem explorados tanto por outras mídias quanto pela própria série em temporadas anteriores, e por isso acaba parecendo que não tem mais muito de novo a dizer.

Tipo, tem tantos temas atuais que poderiam ser explorados! A nossa sociedade moderna tem muitas situações que estão surgindo por combinação de fatores humanos com tecnologia. Vou dar um exemplo:

O episódio "Hang the DJ" dessa temporada é um dos que eu mais gostei, tanto pelo tema mais leve, como pelos personagens, que foram bem desenvolvidos e realmente pareciam ter uma atração verdadeira um pelo outro. Porem,
Hang the DJ:

eu acho que todo o conceito do episódio poderia ter sido melhor aproveitado se tivesse menos artifícios tecnológicos pra empurrar a trama, e tivesse em vez disso uma história moderna de um relacionamento baseado em aplicativos.

Tipo... O episódio mostra uma realidade na qual as pessoas passam por uma corrente de relacionamentos curtos e sem significado, relacionamentos longos com pessoas que não gostam, e e se distanciam de pessoas que realmente gostam por... "razões". Tudo isso se aplica a relacionamentos de hoje em dia com aplicativos! Só que os apps não estão "forçando" as pessoas a fazerem essas coisas. Isso acontece por motivos emocionais, sociais, etc etc. Tem inúmeros artigos de opinião sobre esse tema, porque é um assunto muito relevante da nossa geração.

Pra mim, o episódio seria muito melhor se apenas com tecnologia atual, mostrasse um casal que se conhecesse por um app de relacionamento, se separassem, e eventualmente conseguissem atravessar a futilidade e superficialidade da cultura de apps de relacionamento pra ficar juntos.
...Só que daí, teria a mesma revelação do episódio de verdade! Era uma simulação entre muitas de um app de relacionamento pra verificar a compatibilidade entre essas duas pessoas.

Assim, o enredo real do episódio não tem nenhum problema em si só, e funciona do jeito que é. Mas pra mim parece que tem um... desencontro geracional aí. Parece que é um episódio feito em 2005, não 2017. Olhe que distópico, esse futuro onde as pessoas são presas a apps que forçam elas a terem vidas amorosas infelizes!! Enquanto isso, parece que eu não consigo passar uma semana sem ver um novo artigo sobre como o Tinder está acabando com a auto-estima das pessoas.


Por isso tudo, eu concordo com o Tomate dizendo que USS Callister é o meu episódio preferido. ÉA, a temática Star Trek serve perfeitamente como um aviso de "Não leve isso aqui tão a sério", e por isso o episódio tem várias absurdidades que não me incomodam, mas que adicionam comédia e emoção pra trama. Ele tem um fundo de crítica social sobre a relação entre "nerds maltratados e mulheres" em empresas de tecnologia que tambem é interessante.


Como uma série de terror, fantasia, ficção, legal. Como uma série que basicamente virou sinônimo de vidência tecnológica e tenta mostrar possíveis futuros realistas da nossa sociedade, nope. Anyway, pra incluir um TL;DR, eu imediatamente pensei nesse meme quando acabei a temporada:

(Tradução: Será que são as violentas hierarquias socioeconômicas, culturais e políticas que nós mantivemos por séculos que estão acabando com os jovens? Não, é a tecnologia que é a culpada.)

Eu concordo com você em quase tudo.

Acho que esse ano a série parou de ser uma história que nos faz pensar em como a tecnologia faz os humanos reagirem a ela em sociedade para uma série que faz os humanos reagirem a tecnologia pessoalmente. Existe um capítulo que uma nova tecnologia é inserida mas, ao passar dos minutos, a tecnologia é totalmente esquecida socialmente e é apenas citada. Isso quase não existe em outros episódios da série: uma tecnologia sumir em menos de 10 minutos de episódio. E foi algo que muito ocorreu nessa temporada. Uma tecnologia servir apenas para poucas pessoas.

A temporada também como um todo foi MUITO agridoce. E não estou exigindo um plot twist ou algo disso, só que a temporada nos fizesse refletir mais sobre como a tecnologia está nos levando para um "semi-apocalipse" ou algo parecido. Parecia que no final de cada episódio eu saia feliz. E quando eu assisto uma série que teve grandes episódios na temporada 3, eu não quero sair feliz! Eu quero sair bravo e/ou com o famoso mind blowing.

Apenas alguns episódios dessa temporada mostraram como o humano com a evolução da tecnologia pode ser sórdido e doentio: Black Museum e USS Callister. Os meus favoritos. A temporada faltou um pouco mais de ousadia de episódios como Hino Nacional(E1T1), Manda quem pode(E3T3) e San Junipiero.(E4T3)

Essa temporada é muito boa. Mas parece que todo o potencial criativo ficou na terceira temporada. Por isso que eu não ficaria surpreso se os próximos episódios fossem apenas "continuações" de episódios de temporadas anteriores mostrando outros resultados das mesmas tecnologias. Não é ser repetitivo e sim fazer episódios melhores em um incrível "universo".
avatar
Tomate
"Lerei"

Mensagens : 158
Data de inscrição : 15/02/2016
Idade : 21
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: Black Mirror

Mensagem por Thear em Qua 28 Mar 2018, 02:14

Vou spoilar. Se não quer spoilers ta fazendo o que aqui?



Uss Callister é o melhor, claramente. Tem um final feliz, o que é raro em Black Mirror. E isso já serve pra demonstrar a tendencia de temporada de ser mais "leve" e menos cínica que as anteriores. É o melhor episódio da série... pau a pau com San Junipero.
É o primeiro episódio de Black Mirror que claramente merece uma continuação. Essas AIs vão se acostumar a viver no jogo, e depois talvez fugir pra morar na internet e tudo mais.. e é um conceito bem interessante.
A grande falha é a tecnologia. Não faz porra nenhuma de sentido pegar as memórias E a aparência atual da pessoa pelo DNA. É ridículo. Especialmente considerando que seria facílimo justificar no roteiro que ele copiou a mente das pessoas através de uma versão-testes do jogo que a empresa do cara produz.

Arkangel é a terceira pior da temporada. Não esta abaixo da média da série, no entanto. Vários episódios das temporadas anteriores estavam nesse nível ou abaixo.
Não muito a dizer. Mas quero observar que o episódio teve um final dramático, mas otimista. A garota Sara terá uma vida difícil, mas escapou da mãe abusiva.
Falha na tecnologia de novo. Um serviço que usa GPS e foi banido não deveria mais funcionar, isso é absurdo.

Crocodile é o terceiro melhor. Mas esta num nível bem parecido de Arkangel. Se destaca porque Mia não era uma psicopata fria, mas sim alguém desesperado pra proteger sua vida.
Se destaca também porque Shazia e seu marido são claramente pessoas muito legais. Em seu típico cinismo, Black Mirror geralmente só apresente seres humanos horríveis como personagens. Não é o caso de Shazia, parabéns.
A primeira grande falha é o clichê do carro que não funciona. Que merda, pra que? Aquilo quase acabou com o episodio pra mim. É patético usar um clichê bobo desses, e deu vergonha alheia em relação aos roteiristas.
A segunda falha é... Tecnologia de novo. Memória não é evidencia confiável, não é que não conseguimos explica-la a outras pessoas, é que ela é falha mesmo. Testemunha é o pior tipo de evidencia, e assistir um vídeo da memória da testemunha seria quase tão falho quanto. Alem disso, como raios eles fizeram o hamster lembrar exatamente do que eles queriam?

Hang the DJ Segundo melhor da temporada. Bem positivo também porque... Nada de ruim acontece nele. Nada. Tudo indica que os personagens centrais não são Inteligencias Artificiais sendo maltradas, mas sim meras simulações sem sensações próprias. Ninguém sofreu nesse episódio, ao que me parece.
Peca na tecnologia também. Não vejo porque uma simulação de um casal que mal se conhece se rebelando contra uma distopia é um sinal de que duas pessoas são um match num aplicativo.
Vi alguma interpretação de que o episodio critica apps de relacionamento. Não vi nada disso ali, no entanto.

Metalhead Pior da temporada. Mas tem um aspecto pessoal meu nisso. Eu não gosto de terror, e desprezo o uso de preto e branco na maioria dos casos. Preto e branco sempre me parece uma tentativa forçada de gerar drama/tensão.
É bem efetivo no terror porque esse tipo de robô é perfeitamente possível nas próximas poucas décadas.
Ironicamente, não tem nenhuma falha tecnológica nesse. Pode-se dizer que robôs desses nunca conseguiriam eliminar a humanidade, mas o episódio não diz que foram eles. É bem provável que esses robôs sirvam apenas pra matar os sobreviventes, e o grosso da população foi eliminado por outras maquinas.

Black Museum Tem uns conceitos interessantes, mas é ruim pacas. Só não digo que é pior que Metalhead porque eu realmente não gosto de terror...
O vilão é muito cartunesco. É o grande problema do episódio. Não da pra ver como "badass" a vingança da Nish quando o alvo dessa vingança é tão patético.
Fora isso, esse episódio estabelece que a série toda é no mesmo universo. Ok, gosto disso. Mas não sei se vão usar essa informação pra algo um dia. Espero que sim.
Pra terminar, a tecnologia também falha. Se conseguem por a consciência da mulher num urso de pelúcia, conseguem por num robô. Se não existe um robô que preste como corpo, com certeza da pra por num computador complexo cheio de funcionalidades de comunicação. Não existe motivo nenhum pra ela estar numa pelúcia.

E isso é um ponto importante no geral. 5 dos 6 episódios me pareceram falhar feio no uso da tecnologia, mas isso não é dessa temporada. Black Mirror tenta ser sobre tecnologia, mas no geral os roteiristas parecem ser muito mai informados sobre ciência e tecnologia, e não fazem quase nenhum esforço pra usar tecnologia de maneira inteligente, interessante e crível na estória.



Ainda assim, gostei mais dessa temporada que de todas as outras. Por ser mais leve mesmo. Sempre achei a vibe negativa da série um detrimento aos temas abordados.

_________________
O importante é reconhecer que você não sabe do que esta falando
avatar
Thear
Admin

Mensagens : 400
Data de inscrição : 13/04/2015
Idade : 23

Ver perfil do usuário http://anomaliazero.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: Black Mirror

Mensagem por Tarin em Qua 28 Mar 2018, 14:57

@Thear escreveu:
Tudo indica que os personagens centrais não são Inteligencias Artificiais sendo maltradas, mas sim meras simulações sem sensações próprias. Ninguém sofreu nesse episódio, ao que me parece.
Por que? Eles demonstraram emoções e não estavam cientes de nada até o final, quando aparentemente alguma programação maior tomou conta e fez com que eles não ligassem. Acho que não ficou claro se eles realmente sentiam coisas ou não, mas... Eles foram apresentados como humanos, e vivendo experiências humanas. Mesmo que tenha alguma maneira de alterar as experiencias e pensamentos deles, não acho que isso necessariamente os anule como seres sencientes.  

@Thear escreveu:
Vi alguma interpretação de que o episodio critica apps de relacionamento. Não vi nada disso ali, no entanto.
Acho que é uma crítica na mesma linha que muitas outras "críticas" da série. Pegando uma situação atual, extrapolando a níveis ridículos e alem da lógica e apresentando de um jeito que é (ou que pode ser, no caso desse episódio) distópico e com conotações negativas da tecnologia. Dá uma sugestão de crítica porque é inspirado e é um possível desdobramento de uma situação atual (apps de relacionamento), mas é um cenário problemático e que pode desrespeitar nossos códigos morais (again, embora seja contestável se esse episódio realmente chega a fazer isso dependendo da interpretação das IAs). Mas é distante o suficiente da realidade pra não ter nenhum conteúdo político nem nenhuma crítica de verdade, no fim das contas.

@Thear escreveu:
Não existe motivo nenhum pra ela estar numa pelúcia.
Eu só pensei nisso agora, mas será que eles tentaram fazer uma ligação do urso de pelúcia do final do Metalhead, com o do Black Museum, lol? Que quem sabe o urso do Metalhead tambem tivesse uma consciência humana dentro, e por isso era importante resgatar? Não sei se teve qualquer dica de que fosse disso, pode ser uma maneira do meu cérebro tentar fazer o final do Metalhead parecer menos ridículo, ahaha!


Última edição por Tarin em Qua 28 Mar 2018, 15:00, editado 1 vez(es) (Razão : Sp, sintaxe)

_________________


            
ProjetosMúsica
GitHubSoundCloud
avatar
Tarin
Admin

Mensagens : 117
Data de inscrição : 14/04/2015
Idade : 23
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: Black Mirror

Mensagem por Thear em Qua 28 Mar 2018, 21:07

@Tarin escreveu:Por que? Eles demonstraram emoções e não estavam cientes de nada até o final, quando aparentemente alguma programação maior tomou conta e fez com que eles não ligassem. Acho que não ficou claro se eles realmente sentiam coisas ou não, mas... Eles foram apresentados como humanos, e vivendo experiências humanas. Mesmo que tenha alguma maneira de alterar as experiencias e pensamentos deles, não acho que isso necessariamente os anule como seres sencientes.

Ok... Realmente eu falei errado. Não poderia ter dito "tudo indica que não são AIs", mas sim "nada indica que são AIs". Só isso mesmo. Não tem nada ali que confirme que eles tem sensações. Tudo que se passa pode ser atribuído à mera simulação de ações e reações ao cenário no qual foram inseridos, tentando reproduzir o que os indivíduos reais fariam e calculando potenciais resultados. Sei lá... talvez um app no celular copie as mentes das pessoas pra fazer simulações... só não vi nenhuma evidencia grande disso, mesmo.

@Tarin escreveu:Eu só pensei nisso agora, mas será que eles tentaram fazer uma ligação do urso de pelúcia do final do Metalhead, com o do Black Museum, lol? Que quem sabe o urso do Metalhead tambem tivesse uma consciência humana dentro, e por isso era importante resgatar? Não sei se teve qualquer dica de que fosse disso, pode ser uma maneira do meu cérebro tentar fazer o final do Metalhead parecer menos ridículo, ahaha!

Acho que é só uma tentativa disso, mesmo. Aquela revelação dos ursos foi patética... Mas acho que se eles quisessem insinuar algo assim, os ursos seriam do mesmo modelo, e pelo que eu lembre não é o caso.




_________________
O importante é reconhecer que você não sabe do que esta falando
avatar
Thear
Admin

Mensagens : 400
Data de inscrição : 13/04/2015
Idade : 23

Ver perfil do usuário http://anomaliazero.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: Black Mirror

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum